Inaguração do meu blog WordPress.

Prezáveis visitantes do XR.PRO.BR e EVO.BIO.BR

Já faz algum tempo que pensava em abrir um blog no WordPress com a intenção de utilizá-lo principalmente para receber mensagens, uma vez que já tradicional Dreambook, o qual tenho usado desde o ano 2000, implica em um enorme trabalhado para ter o conteúdo transferido para as páginas de visitantes.

Curiosamente, porém, duas coisas aconteceram simultaneamente. PRIMEIRO, minha entrada como contribuidor do site A Voice For Men – BRASIL, cuja operacionalidade me obrigou a abrir uma conta WordPress antes do que eu esperava, e SEGUNDO, o Dreambook decidiu encerrar suas atividades.

Portanto, a partir de agora terei que dar um jeito de receber e tratar as mensagens por aqui, portanto, peço paciência para que eu tenha algum tempo para organizar essa nova abordagem.

Marcus Valerio XR
xr.pro.br
evo.bio.br

Anúncios

18 opiniões sobre “Inaguração do meu blog WordPress.

  1. Sr. Marcos Valério XR,
    abaixo segue minha resposta às perguntas formuladas por V.Sa. sobre meu texto “Transformações Cósmicas”.
    Atenciosamente
    Borborema

    1 – Poderia explicar melhor o que vem a ser os “cem”?
    Na minha concepção o cosmos é eterno e constituído por mente e matéria. A mente é imutável e tudo o que ocorre no cosmos são alterações na parte material ( que denomimei de transformações cósmicas) devido à atuação da mente cósmica. Em seu estado de máxima entropia (caos) a parte material resume-se aos seus elementos primordiais (sem energia e indivisíveis). Estes elementos chamei de componentes da esssência da matéria (CEM). São estes elementos que, sob a atuação da mente cósmica, irão formar as partículas energéticas elementares (grávitons, neutrinos, elétrons, bósons, quarks, glúons, fótons, etc.), que darão origem a tudo o que existe e ocorre no universo (transformações cósmicas).

    2 – Você está propondo um perpétuo dualismo de substâncias, isto é, matéria e mente como entes distintos e substancialmente diferentes? Ou seria entes distintos porém constituídos de uma mesma substância?
    Na minha concepção a mente cósmica é totalmente independente da matéria cósmica. A mente é totalmente imaterial, por isso, não tem em sua constituição nenhum elemento que constitui a matéria.

    3 – Se a Mente Cósmica não precisa atuar constantemente para manter as transformações, ela não precisaria ser onipotente nem onisciente. Mas se o é, então porque não atuar constantemente para manter a perfeição do universo?
    Justamente porque ela não precisa atuar constantemente ela é onipotente e onisciente. Tudo se processa segundo seus desígnios determinados no início de cada ciclo do universo. Se ela precisasse intervir deixaria de ser onipotente e onisciente. Se tudo o que existe no cosmos é resultante de transformações cósmicas dos “cem” programadas pela mente cósmica, nada existe que possa questionar a perfeição do universo.

  2. Marcus, tudo bom?
    1) Estou achando interessante esta tua transformação em um “progressita de direita” e o que eu acho mais notável e que você ataca posições pró-aborto, pró-feministas, algumas pró-gayzistas, campanhas a favor das drogas, etc, não desde uma posição da direita cristã, mas desde um neutralismo objetivo, uma imparcialidade que gostaria de parabenizar. Os liberais direitistas tem como único ponto de interesse a defesa da economia de mercado e estes pontos mencionados acima ou ignoram ou às vezes até defendem. Sendo assim você é mais conservador que os direitistas (liberais) mesmo sendo contra a economia de mercado (digo, você). Um conservador puro-sangue abrindo tua página, principalmente nos últimos textos pensará erroneamente se tratar de um direitista e demorará a perceber que estará mergulhando na filosofia de um não-cristão e de um estatista ou seja um esquerdista. Aos poucos vou entendendo teu sistema que é indepente de ideologias, nem à direita nem a esquerda, mas que sendo esquerdista na base desenvolveu uma tendência à direita sem se basear em religião ou ideologia mas na RAZÃO. Mas uma vez parabenizo-o pela sua imparcialidade, este NEUTRALISMO CETICO levado ao extremo, coisa que poucos tem a coragem ou capacidade mental de realizar. Esta honestidade intelectual, sinceridade filosófica foi o que me prendeu a leitura habitual de tua página há já quase uma década. Passemos agora aos áudios e vídeos…

    2) Mudando de assunto gostaria de compartilhar contigo e saber a tua opinião para um romance de ficção científica que encontrei outro dia. Imagine um mundo após o esfriamento total do universo onde todos os sóis se apagaram, o fim térmico, e conseqüentemente as plantas e os animais não mais existem (só os minerais). Estes planetas frios serão habitados por seres que apresentarão a capacidade de gerar a própria luminosidade, tal como os seres abissais marinhos, uma luminosidade intensa que iluminará todos os lugares por ondem andarem. Terão também a capacidade de serem extremamente ágeis, percorrendo o planeta em um dia, serão também leves, sutis, podendo pularem por exemplo da terra a lua, levitarem (já vimos isto antes não é mesmo?) e também terão o atributo da impassibilidade, invulnerabilidade. Não usarão roupas, pois nem mesmo terão órgãos genitais (nem calor nem frio), e a claridade os cobrirá. Não gerarão descendentes, pois o universo estará já cheio de número total deles. Não se alimentarão, pois serão incorruptíveis. Não haverá corpos celestes orbitando outros, todo movimento cósmico terá cessado. Todos estes seres se dedicarão as funções intelectuais, no passatempo pularão de planeta em planeta, ou brincarão de esconde-esconde num cinturão de asteróides. Talvez você já saiba sobre o que estou falando. Este romance foi escrito ha mais de mil anos. Brinco, não é um romance (embora creio que você assim o considere) é a ortodoxia da IGREJA CATÓLICA desde São Tomás de Aquino. Este é o momento em que as almas no juízo se unirão aos corpos gloriosos. Pós temporada no céu. Para os condenados do inferno (não entendi, o inferno não é eterno?) após o juízo final as almas deles receberão corpos íntegros, mas sem os atributos dos bem-aventurados, antes será o contrários, serão densos, pesados, vulneráveis (mas imortais), escuros, tenebrosos, lentíssimos. (não entendo de física, mas se após a morte térmica do universo houver gravidade, estarão se arrastando eternamente pela superfície da Terra desertificada como ogros cinzentos, cheios de chagas pútridas pelos séculos dos séculos amém.). A diferença entre beatos e danados me pareceu como a do contraste ELFOS X GNOMOS (como em o Senhor do anéis e na cultura em geral: Elfos belos, brilhantes, flutuantes, etc. opostos do feios trolls, gnomos, etc, trabalhando em minas subterrâneas sendo baixinhos ,feios. Veja aqui: http://atthosmatheus.blogspot.com.br/2010/09/ensaio-022010-27-de-setembro-de-2010.html). Bem, é isto. Este são “os novos céus e nova terra” pregado pela igreja católica (palavras do próprio Tomás). O livro onde se desvelou esta visão escatológica, cujo insight já tinha tido em várias leituras e denominações cristãs foi o COMPÉNDIO DE TEOLOGIA de São Tomás de Aquino cujo download pode ser feito a qualquer momento. O assunto exposto lógica e dialeticamente (não como romance como brinquei no inicio) começa a partir do capítulo 151, página 91, cujo tema é COMO, PARA A PERFEITA BEATITUDE, A ALMA DEVE UNIR-SE NOVAMENTE AO CORPO. Agora eu pergunto a você Marcus, quanto por cento dos Cristãos (principalmente os católicos) sabem disto?

    É isso aí, e até a próxima em breve. Tinha mais assuntos e questionamentos mas acho que já deu.

  3. Eu sei que esta pergunta nao tem nada a ver com site mas eu queria saber se esquizofrenia tem tratamento se da certo ou nao porque eu sou um

  4. Olá marcus. Estou escrevendo para falar de um tema um pouco antigo tratado no seu livro de mensagens. Não lembro o número da mensagem, mas você debatia com alguém sobre a possibilidade de uma sociedade unigenérica. Lá você dizia que numa sociedade unigenérica feminina não se poderia recriar o sexo masculino pela falta do cromossomo Y nas mulheres. Bem, parece que a ciência descobriu algo que poderia ser usado naquela hipotética sociedade para recriar os homens sem o Y. Veja esta matéria da ISTOÉ:

    http://www.istoe.com.br/reportagens/34122_GUERRA+DOS+SEXOS?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage

  5. Obrigado pela referência Maciel. Eu nunca tinha ouvido falar deste Rational Wiki, mas está claro que de “racional” nada tem. Parece uma versão do “feminismo disfarçado de ceticismo” do Bule Voador. Vou dar uma examinada maior.

  6. Saudações Marcus. Estava pesquisando outro dia sobre sobreviventes de naufrágios, para ver se o número de homens mortos era mesmo superior aos de mulheres e crianças, como se sugere em alguns textos masculinistas, quando me deparei com esta notícia: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/07/titanic-foi-excecao-no-perfil-dos-mortos-em-naufragios-diz-pesquisa.html

    Será que esse estudo procede?! Será que corro o risco de posar de paranóico imaginando que pode haver manipulação feminista aí?! Espero que não fique aborrecido por trazer estas questões a você. É que te considero bastante sensato, e por isso tenho respeito pela sua opinião.

    • Olá Maciel. Sim, eu já tomei conhecimento dessa informação e já vi o mesmo ser afirmado em outras fontes. No entanto nunca achei um estudo que apresentasse o dados de forma criteriosa. Note por exemplo que esse artigo omite a proporção de homens e mulheres a bordo de cada navio. Se 90% das pessoas a bordo é masculina, é óbvio que em geral isso irá se refletir no número de sobreviventes. Lembrando que a tripulação na maioria dos casos é totalmente masculina de fato.

      Falta então alguém esmiuçar melhor esses dados para uma devida validação dessa alegação. No entanto, eu nada duvido que seja verdade. Em situações de pânico generalizado, ameaça clara e gravíssima que remete a terrores primitivos, envolvendo pessoas que não se conhecem, creio que seja mesmo na base do cada um por si. Somente quando há uma Ordem Social mais forte, uma Autoridade Patriarcal, é possível mobilizar os homens de uma forma tão efetiva que eles se sacrificam voluntariamente em defesa de mulheres e crianças em situações de desespero. Fora isso, esse sacrifício espontâneo tende a ocorrer mais no caso de pessoas aparentadas ou quando a situação, ainda que de risco, não chega a raias do desespero total, dando algum tempo para pensar e reagir.

      Veja por exemplo meu texto http://br.avoiceformen.com/recomendados/heroismo-o-outro-lado-da-masculinidade/ , nele é possível notar que os casos de heroísmo masculino, por mais voluntários e espontâneos que sejam onde homens de arriscar para salvar desconhcidos, são situações onde é possível agir de forma mais consciente. É bem diferente de uma situação de desespero primal quando sua pele está pegando fogo ou água está entrando nos seus pulmões. Nesses casos, não dá pra pensar, regride-se a um estado animal e aí é cada um por si mesmo.

  7. O amigo aborda de uma forma cientifica, lógica e clara a origem da vida na Terra no seu site anterior. Todavia parte de uma hipótese ainda não comprovada: os seres vivos, incluindo o homem, são meras máquinas biológicas naturais e nada mais. Essa hipótese pode ter muitas evidências a favor, mas ainda não há evidências confiáveis que excluam outras hipóteses que preconizam um modelo teórico do homem mais complexo, A hipótese da existência e sobrevivência à morte corporal da alma. A componente permanente e, quem sabe, imortal, do homem.

    Estava tudo muito bem se não existissem fortes evidências da existência dos fenómenos paranormais. O seu modelo dos seres vivos, apenas baseado no corpo de carne, Enquanto a ciência não conseguir provar que se trata de fraudes e/ou enganos, não os pode excluir. Há cientistas como Dean Radin (Phd) que demonstram que esses fenómenos existem através de experiências sérias e repetiveis. Excluir fenómenos, sem os explicar por preconceito ou analogia com o passado da censura religiosa é grave, não é uma postura cientifica. É mais parecido com a tentativa de censura religiosa de há centenas de anos do que com ciência. Trata-se de mascarar crenças (ou descrenças…), confundindo-as com a ciência.

    Assim, a ciência necessita de resolver a explicação dos fenómenos paranormais antes de os ignorar. Ou encontra provas de fraude, ou encontra equívocos e ilusões, ou aceita que existem fenómenos para os quais ainda não tem uma explicação sustentada em evidências confiáveis.Isso é importante para as pessoas. O modelo do homem baseado numa mera máquina natural retira o significado à vida.Transforma o homem numa coisa, num mero cadáver adiado. Antes de decretar à humanidade que essa hipótese é uma verdade incontestável, como se fosse fundamentada em evidências confiáveis, aceitando esse modelo teórico para o homem, a ciência tem o dever de ter comprovação suficiente. Se as pessoas agissem racionalmente, o suicídio seria a atitude mais lógica.,

  8. Oi Marcus. Hoje escrevo para tirar algumas dúvidas sobre a seção de informações do seu conto que mais gosto, ao lado de planeta fantasma: raio Y. Primeira: as velocidades e acelerações dos R-Y foram escolhidas com base em algum cálculo cientifico ou aleatoriamente? Segunda: porque você expressa a POTÊNCIA máxima de liberação de energia em graus Celsius e megatons ao invés de watts, que é a unidade correta de potência?
    No caso da temperatura, acho que não faz sentido atribuí-la a feixes de energia, se é a isso que ela se refere. Se for aos alvos que você se refere, não dá para definir uma única temperatura, pois as propriedades térmicas dos alvos varia de acordo com os materiais que os constituem. Daria para manter essa grandeza separadamente, caso você escolhesse para o alvo, uma massa padrão de uma substância real ou fictícia com seu calor específico. Exemplo: 32 megatons são iguais a 32*10^15 calorias, o suficiente para aumentar 277000 °C em aproximadamente 970,8 mil toneladas de ferro.
    Agora os megatons, sendo unidades de energia, poderiam ser mantidos se você mudasse para CAPACIDADE máxima de liberação de energia (CMLE). A potência só poderia ser mantida em separado, e se fosse escolhido o tempo que leva para descarregar a energia, pois aí, bastaria dividir a energia em joules pelo tempo em segundos para obter os watts.
    Terceira: de acordo com E=MC^2, a massa associada aos 32 megatons do Haneander, por exemplo, é de 1,488 Kg. De onde vem essa massa? Daquela previamente disponível no corpo dos antróides? É absorvida dos silicatos do ar na hora do disparo? Ou vem de uma fonte extradimensional como na transformação do Hulk e outros personagens tradicionais?
    Por último: o número que indica a força física significa o que? Quantas vezes os hiper-metas de orizon são mais fortes que humanos normais? Ou o peso que eles podem erguer em toneladas ou uma unidade fictícia? Em que nível fica a força deles sem os poderes mentônicos?
    Abaixo deixo alguns links para você conferir. Obrigado por ler meu comentário e continue escrevendo suas ótimas estórias. Até breve.
    http://www.stardestroyer.net/Empire/Science/Heat-Explanations.html#Temperature
    Aqui há algumas informações sobre armas de energia, que também podem ser pelo menos parcialmente úteis para super- heróis:
    http://www.projectrho.com/public_html/rocket/sidearmenergy.php

  9. Uma correção. O ferro evaporaria muito antes de atingir 277000 °C, na verdade ele talvez virasse plasma. Claro, não sou físico nem tenho pretensão de parecer especialista em ficção científica, você provavelmente domina física melhor do que eu e ficção científica, com certeza. Eu apenas arrisquei este comentário porque ficaria satisfeito se pudesse contribuir, ainda que superficialmente, com sua obra. Espero ter acertado em algum ponto. Novamente obrigado por ler meu comentário.

    • Olá Maciel. Obrigado por sua mensagem e desculpe demorar a respondê-la. Vamos lá.
      As velocidades, e demais dados, dos personagens em Raio-Y foram definidas fundamentalmente com base em critérios estéticos, mas com um cuidado para que fiquem dentro de parâmetros de coerência interna e de plausibilidade. Minha maior preocupação é que o leitor seja capaz de ter uma visão clara e possa prever aspectos da realidade proposta no Universo DAMIATE.

      Na maioria das estórias de FC que se vê por aí, ninguém tem idéia de como funciona realmente aquele universo. Ninguém sabe, por exemplo, se o Super Homem voa mais rápido que Capitão Marvel, porque esses dados jamais são definidos. O que eu quis deixar bem claro, sobretudo, e quais personagens são mais ou menos rápidos e em relação a quê. Se você ler o Planeta Fantasma, por exemplo, entenderá que nenhum R-Y poderia ser mais rápido que um nave espacial comum capaz de adentrar o Hiperespaço, por exemplo, visto que estas precisam ser capazes de acelerar até o limiar da velocidade da luz.

      Quanto a potência dos disparos, devo admitir que me expressei mal, mas você há de convir que expressá-la em Watts nada diz para a grande maioria das pessoas. Tenho uma Laser Pointer de 5 e outra de 20 mW. E daí? Qual é mais potente? Qual tem mais luminosidade e qual emite mais calor?

      A temperatura dá uma idéia bem melhor do estrago produzido por um disparo, que no caso, de fato não se aplica realmente a um material específico, mas a uma idéia genérica de que, no caso que qualquer objeto que se encontrar dentro de uma liberação de energia direta de um R-Y estará submetido a um micro ambiente de tal temperatura, no máximo. Expressar isso em joules ou qualquer outro parâmetro físico em nada tornaria a ideia “visualizável”, e mesmo os físicos teriam que fazer cálculos.

      Quanto aos megatons, apelo também ao senso comum que tem como ter uma ideia do poder de destruição envolvido, uma vez que todos podem conferir que a Bomba de Hiroshima tinha cerca de 15 kilotons e que a Tsar Bomb, a maior poderosa já detonada, atingiu 58 megatons. Ou seja, com isso é possível ter uma ideia do estrago que um disparo de um R-Y pode fazer, embora seja necessário levar em consideração uma série de limitações. O Raio Nuclear no Universo DAMIATE, por exemplo, só atinge sua potência máxima milhares de kms adiante. Numa distância curta não seria possível causar um dano tão grande quanto numa distância maior.

      Uma questão mais delicada é entender de onde viria a massa necessária para ser convertida em energia. É preciso primeiro saber que no Universo DAMIATE há uma entidade fundamental chamada Menton, que pode assumir as propriedades de Matéria ou de Mente, e que a última, quando suficientemente agregada a nível de Sensciência e Intencionalidade, pode, com o devido treinamento, influenciar diretamente o comportamento da primeira. Essa é a metanaturalidade. Assim o poder mentônico em questão simplesmente ordena que partículas de massa se desintegrem produzindo energia, e tal massa pode estar tanto no próprio corpo do R-Y quanto em materiais próximos. Sabemos que precisaríamos de porções muito pequenas de matéria para liberar grandes quantidades de energia pela nossa física atual. No Universo DAMIATE, por ser possível a mente quebrar átomos diretamente, esse aproveitamento é melhor ainda.

      Por fim, a força física dos R-Y realmente não foi bem explicada. Eu a explico apenas em As Senhoras de TERRANIA, que nunca chegou a público. Mas é simples. Trata-se de uma medida média da capacidade de mover pesos e resistência num equipamento de medição similar a máquinas de musculação, que testa impulsão horizontal, flexão lateral de braços etc. Avalia-se uma série de movimentos como levantamento, pressão com as mãos, com as pernas etc, e atribui-se um valor médio.

      Nessa concepção, a força humana normal máxima atingirá um valor médio de 10. Isto é, os mais fortes homens de nosso mundo teriam tal resultado, e sendo assim, qualquer valor superior é sobre humano. A força de homens normais como eu, e provavelmente você, ficará por volta de 7. No Universo DAMIATE não há qualquer personagem que tenha chegado a um valor superior a 100. Muito podem exercer forças maiores que isso, mas mentonicamente, e não com o próprio corpo. Mas até isso é raro.

      De qualquer modo, se você puder me ajudar a elaborar melhor esse valores, de modo a aliar essa inteligibilidade para um público leigo com uma mais adequada linguagem científica, eu agradeceria muito.

      Obrigado mais uma vez.

      Marcus Valerio XR
      xr.pro.br

  10. Saudações Marcus. Fiquei satisfeito com a resposta ao meu comentário anterior, obrigado. Não precisava se desculpar pela demora, sei que você é ocupado. Mas voltando ao tema da fonte de energia para os disparos de hipermetas, outro dia pesquisando sobre métodos de propulsão espacial exóticos, me deparei com este artigo no site da NASA, http://www.nasa.gov/centers/glenn/technology/warp/ipspaper.html. O que me chamou a atenção foi o seguinte: “Zero Point Energy (ZPE) is the term used to describe the random electromagnetic oscillations that are left in a vacuum after all other energy has been removed (ref 13). This can be explained in terms of quantum theory, where there exists energy even in the absolute lowest state of a harmonic oscillator. The lowest state of an electromagnetic oscillation is equal to one-half the Planck constant times the frequency. If all the energy for all the possible frequencies is summed up, the result is an enormous energy density, ranging from 1036 to 1070 Joules/m3. In simplistic terms there is enough energy in a cubic centimeter of the empty vacuum to boil away Earth’s oceans. ” (não sei inglês, dependo da tradução do Google Chrome) pelo que eu entendi, se isso for verdade, e considerando apenas o menor valor de 10^36 joules/m3, em 240 cm3 de vácuo há energia para explodir a Terra! E se no UNIVERSO DAMIATE isto fosse real e um hipermeta pudesse acessar a ZPE mentonicamente? Suas personagens teriam uma fonte de energia e tanto! Será que isso poderia se encaixar de algum modo com a filosofia exeriana?

    • Olá Maciel. Bem, falando em propulsão espacial (obrigado pelo ótimo link), pergunto se já teria lido meus textos http://xr.pro.br/FC/TELEPORTE/VIAGEMESPACIAL.HTML e http://xr.pro.br/FC/TELEPORTE/Teleporte.html.

      A idéia do Zero Point Energy é realmente muito interessante e versátil, mas penso que algo muito similar já está implícito no Universo DAMIATE, na forma dos Mentons Livres. Isto é, sendo o Universo totalmente formado por mentons, embora a maioria deles esteja agregado em forma de Matéria ou de Mente, há aqueles que ficam a solta, a deriva, podendo ser utilizados pelos Metanaturais. Dependendo do local pode haver mais ou menos mentons livres. Onde há mais são em planetas com biosferas já desenvolvidas mas sem mentes ativas, sem seres inteligentes. No espaço haveria bem pouco, aliás o mínimo possível, mas ainda assim passível de uso.

      Sugiro que leia http://xr.pro.br/Planeta_Fantasma/Planeta.html , onde grande parte das concepções que uso no Universo DAMIATE foram aperfeiçoadas e estão explicadas.

      Fico por aqui. É um prazer receber suas mensagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s